Ter um cachorro requer cuidados que não se limitam a apenas alimentá-lo: muitas outras medidas devem ser tomadas para manter a saúde do cão. Por isso, decidir-se por ter um animal de estimação envolve muita responsabilidade e dedicação de seu dono.

Se você está realmente determinado a criar um pet, deve ficar atento a algumas questões, como vacinação, vermifugação, hábitos de higiene, alimentação adequada, entre outras medidas que são essenciais para que nossos peludos se mantenham sempre saudáveis.

Confira a seguir algumas dicas importantes de cuidados com seu pet!

1. Mantenha a higiene de seu cachorro em dia

Algumas rotinas relativas à higiene não devem faltar nos cuidados com seu cachorro, como tosa, corte de unhas, escovação dos pelos e dos dentes. No entanto, o que deve ser bem observado é a questão da regularidade para cada um desses cuidados.

A frequência dos banhos devem ser a cada 15 dias e a tosa pode ser feita a cada 45 dias e, nas estações mais quentes, uma vez por mês. O corte das unhas, geralmente, é feito semanalmente ou a cada duas semanas, dependendo do cão e do ambiente no qual ele vive. A escovação dos pelos precisa ser feita diariamente para eliminar os pelos mortos e manter os pelos macios e brilhantes.

Os dentes do pet também precisam de cuidados para evitar a formação de tártaro, que pode interferir na saúde do cão. O ideal é que você escove os dentes de seu cão diariamente com escova e creme dental específicos para eles.

2. Vermifugue seu cão anualmente

O controle de vermes é essencial para a saúde de seu cão. O recomendado é que o tratamento nos filhotes comece na segunda semana de vida e se repita na quarta, sexta e oitava semanas de idade. Após isso, pode ocorrer um tratamento preventivo mensal.

Nos adultos, o dono pode requisitar exame de fezes de 1 a 2 vezes ao ano para se certificar sobre a existência de parasitas e, se for constatado, fazer o devido tratamento. É aconselhável que aqueles animais que frequentam regiões praianas que sejam vermifugados mensalmente, devido à dirofilariose (o verme do coração), comum nesses locais.

3. Siga o calendário de vacinação

Seguindo o calendário de vacinação, você protege seu cão contra algumas doenças sérias, como adenovirose, coronavirose, cinomose, parvovirose, hepatite infecciosa canina, parainfluenza e leptspirose.

Para isso, desde filhote, aos 45 dias, a vacinação deve ser iniciada. Lembrando que o ideal é começar pelas vacinas conhecidas como polivalentes, como V8, V10 ou V11. Já os cães na idade adulta devem ser vacinados anualmente para ficarem imunizados.

4. Mantenha a alimentação adequada

A alimentação também e algo que merece muito atenção por parte dos tutores. Para começar, a ração deve ser de boa qualidade. Os horários das refeições, por sua vez, devem ser controlados para que não ocorram excessos e, por consequência, surja a obesidade, condição muito prejudicial à saúde de qualquer cão — que pode levar a doenças como diabetes, males cardíacos, entre outras.

5. Monte um programa de atividade física para seu cão

Se existe um mau hábito que o dono deve evitar em relação ao seu cão, ele se chama sedentarismo. Todo cão deve se exercitar diariamente, seja por meio de passeios ou por brincadeiras. Com os exercícios, os cães queimam calorias e evitam a obesidade, tão prejudicial à saúde desses animais.

Se você tiver um bom espaço em casa, substitua os passeios por brincadeiras, que é também uma boa alternativa para afastá-lo do sedentarismo. Para isso, adquira brinquedos que os estimule a brincar e tornar a atividade mais animada.

6. Leve-o ao veterinário regularmente

Levar seu animal ao veterinário regularmente, pelo menos a cada ano, pode evitar que alguns problemas de saúde progridam. Alguns exames clínicos são feitos, bem como os laboratoriais, para checar as taxas sanguíneas de seu amigo. Com os cães, também vale aquela máxima: “prevenir é melhor que remediar”.

E então, leitor, gostou de meu artigo sobre os cuidados com a saúde do cão? Foram úteis para você? Adote-os, então, e verá que ele se tornará muito mais saudável. Aproveite para deixar um comentário e compartilhe sua opinião sobre o assunto!