A raça Pug faz parte do grupo de cães Toys ou de Companhia. Com lindos olhos grandes e expressivos, o cachorro dessa raça tem temperamento calmo e sensível. Sua fisionomia é séria, enfeitada por muitas ruguinhas na testa, que são, na verdade, o seu charme. Assemelha-se muito ao conhecido Buldogue Francês.

É um cão que encanta por onde passa e atrai, principalmente, as crianças. Faz amigos com facilidade e convive em paz com outros animais, incluindo demais cães ou gatos. Vamos conhecer mais sobre essa fofura que encanta tanta gente?

Origem

Presumidamente de origem chinesa, a raça Pug não possui registros que afirmem com exatidão o seu aparecimento. Sabe-se, no entanto, que ela chegou à Europa por meio das navegações do século XVI, primeiramente com os holandeses e depois com os ingleses, onde os padrões da raça foram definidos.

O Pug é conhecido por diferentes nomes ao redor do mundo. Ele é chamado de Pug-Dog na Inglaterra, de Carlino na Itália, de Mops na Alemanha e de Carlin na França.

Caraterísticas da raça Pug

Em relação às suas características, os cães da raça Pug se assemelham aos Buldogues Franceses e aos mini-Mastiffs ou mini-Bullmastiffs. A raça é conhecida por ser excepcionalmente limpa e o odor canino é considerado leve.

O cão Pug possui grandes olhos redondos e rabo em espiral. Ele tem um focinho curto e achatado, o que faz com que o seu aparelho respiratório fique comprimido. Por conta disso, esse animal não tolera muita atividade física. Confira, abaixo, outras características da raça.

  • peso: seu peso fica entre seis e oito quilos e é considerado pesado, por ser de pequeno porte;
  • pelagem: o pelo da raça Pug é liso, fino, curto, macio e brilhante. As cores da pelagem são variadas, podendo ser prata, abricó, fulvo ou preto. Sempre há uma máscara e um contraste entre as cores, mais comumente, uma linha preta que se estende da parte de trás da cabeça até a sua calda;
  • temperamento: é um cão muito carinhoso e brincalhão, sendo indicado para o convívio com crianças. São fiéis e muito apegados, a ponto de serem defensores de seus donos — avisam quando existe perigo por perto;
  • comportamento: é uma das raças mais dóceis e, por isso, considerado um excelente cão de companhia. Adapta-se muito bem a ambientes variados, bem como ao clima frio. Não exige, como as demais raças, passeios diários.

Cuidados

Alguns cuidados com a raça Pug merecem muita atenção. Confira, abaixo, quais são eles.

  • A pelagem do Pug deve ser escovada com frequência, já que a raça solta muito pelo. Quem deseja adquirir um Pug deve se acostumar com essa característica, que pode acontecer durante o ano todo;
  • as rugas, comuns na raça, devem ser limpas com frequência e, dependendo do animal, isso pode acontecer diariamente ou até semanalmente. A limpeza deve ser feita com esponja umedecida com produto indicado pelo veterinário — esse cuidado manterá o animal livre de infecções;
  • os banhos do Pug devem ocorrer de acordo com a necessidade do animal, mas no máximo uma vez por semana. Banhos mais frequentes não são indicados, já que podem eliminar a oleosidade natural que protege o animal.
  • as unhas devem ser cortadas quinzenalmente e os dentes escovados todos os dias com creme dental indicado pelo veterinário;
  • o Pug tem certa intolerância ao calor; por isso evite expô-lo ao sol e fazer com que se exercite em dias muito quentes — existe o risco de hipertermia;
  • não há necessidade de levá-lo para passear todos os dias, bastam exercícios e passeios leves, dentro de casa mesmo.
  • Leve-o ao veterinário pelo menos uma vez a cada seis meses. Mantenha em dia a devida vacinação e previna pulgas e carrapatos.

Predisposição à doenças

Existem algumas particularidades e doenças as quais a raça Pug está mais propensa, são elas:

  • ulceras de córnea, devido a alterações relacionadas aos seus olhos saltados;
  • dermatites diversas;
  • doenças relacionadas à fadiga;
  • capacidade aeróbica debilitada;
  • ronco;
  • problemas cardiorrespiratórios;
  • hipertermia — por isso não sobrecarregar o cão com exercícios físicos.

Gostou deste post sobre a raça Pug? Lembrou-se de outras características da raça? Então compartilha com a gente, nos comentários, a sua opinião sobre o assunto!