Assim como os humanos, os animais também estão suscetíveis a acidentes que possam comprometer não apenas sua saúde, mas sua vida. Sendo assim, é preciso que os donos saibam agir com calma, mas de forma ágil, em momentos como esse e tenham conhecimento do hospital veterinário 24 horas mais próximo — visto que quanto mais rápido for o atendimento, maior a chance do animal se recuperar.

Um hospital veterinário 24 horas conta com toda a estrutura necessária para atender pequenos animais — como cães e gatos — em casos de emergência, como atropelamento, envenenamento, obstrução das vias respiratórias causada por ingestão de objetos, entre outras diversas situações que possam colocar a vida do pet em risco.

Pensando nisso, reunimos, neste post, tudo que você precisa saber sobre o assunto. Confira!

Hospital veterinário 24 horas

Uma das dúvidas mais frequentes é a diferença entre clínica veterinária, hospital veterinário e pet shop. Qual recorrer em casos de emergência?

De forma resumida, o hospital tem uma abrangência maior de atendimento, visto que ele funciona 24 horas para internação e atendimento ao público, além dos serviços clínicos e cirúrgicos.

A clínica atua no atendimento de animais e tem, como atribuições, a realização de consultas e tratamentos clínico-cirúrgicos. Mas, na maioria das vezes, seu funcionamento se restringe ao horário comercial, exceto se houver serviço de internação. Nesse caso, seu funcionamento deve ser 24 horas, mesmo que não ofereça atendimento ao público em determinados horários.

Por último, temos o pet shop, que é um estabelecimento comercial que vende diversos produtos para uso animal, como ração, petisco, brinquedos, itens de higiene, roupinhas, coleiras, entre diversas outras opções.

Alguns estabelecimentos podem ainda oferecer serviços como vacinação, pequenos curativos, banho e tosa. Em geral, seu funcionamento corresponde ao horário comercial, ou seja, um período de 8 horas.

Estrutura adequada

Nunca sabemos o que pode acontecer e quais tipos de cuidado o animal precisará, portanto, é necessário poder contar com um local que atenda qualquer tipo de situação, desde pequenos procedimentos até internações ou cirurgias de emergência — como em casos de trabalho de parto com complicação ou que necessitem de cesariana.

Alguns hospitais contam com a opção de ambulância para transportar o peludo, o que ajuda muito nos casos em que o dono não possui veículo próprio ou, por algum motivo, esteja sem carro no dia.

Então mantenha-se sempre informado sobre as opções que o hospital oferece na sua cidade, assim como um contato de táxi que faça o transporte de animais e que possa auxiliar você.

Agilidade no atendimento

Quando acontece alguma emergência com os peludos, por mais que tenha alguma clínica veterinária aberta que seja mais próxima, pode ser que eles não tenham a mesma agilidade do atendimento ou os materiais necessários para primeiros socorros.

Por mais que tenha o que é necessário, as clínicas costumam funcionar com horário marcado, então existe a possibilidade do médico veterinário estar no meio de uma cirurgia, por exemplo, impedindo-o de atender, com prontidão, o seu animal.

Assim, é preciso ter sempre à mão o endereço de um hospital veterinário 24 horas para casos de emergência, afinal, é difícil saber quando alguma coisa acontecerá, mas é possível se prevenir para que a assistência ocorra de maneira rápida e efetiva.

Tenha em mente possíveis locais de atendimento e transporte, além de tomar os cuidados básicos para garantir a saúde e qualidade de vida dos animais.

Gostou das dicas? Tem mais alguma dúvida sobre a importância de um hospital veterinário 24 horas? Deixe aqui nos comentários sua opinião e participe do debate!