A ligação que temos com nossos cães é mais forte hoje do que jamais foi ao longo dos 40 mil anos de história compartilhada. Além de dividirmos todos os cômodos da casa com eles, nossos amigos peludos são considerados membros de nossas famílias e nos acompanham em todos os momentos. Contudo, na hora de sair de casa, é fundamental fazer o transporte para cachorro de maneira segura e confortável.

Mas qual é o melhor modo de transportar cachorros e a importância de fazer isso corretamente? O que diz a lei a respeito desse assunto? Continue conosco e descubra! Boa leitura!

Entenda a importância do transporte correto para cães

Qual é a primeira coisa que você faz ao entrar no seu carro? Colocar o cinto de segurança, certo? Você faz isso porque sabe que estará protegido se algo acontecer no percurso.

Mas e seu cachorro? À primeira vista, pode parecer bobagem falar da maneira correta de transportar seu amigo peludo, mas existem dois bons motivos para você mudar de ideia. E os dois têm a ver com segurança.

Um deles é que, em caso de acidente ou de uma freada brusca, por inércia, seu companheiro pode ser lançado de um lado para outro no veículo, podendo se lesionar ou machucar os demais passageiros. Além disso, existe o risco de ele ser arremessado para fora, o que pode ser fatal.

A outra razão é a distração que seu cão pode causar enquanto estiver solto no carro. Dificilmente eles se mantêm quietos, preferindo saltar de uma janela para outra, muito agitados. Isso acaba fazendo com que você, inevitavelmente, olhe para ele ou retire as mãos do volante para atendê-lo, aumentando os riscos de acidentes.

Observe o que diz a lei

O Código de Trânsito Brasileiro não especifica claramente como deve ser feito o transporte seguro de cães em automóveis. Mas é importante destacar três resoluções:

  • Art. 169 — “Dirigir sem atenção ou sem os cuidados necessários à segurança”: infração leve, multa de R$ 88,38 e 3 pontos na CNH;
  • Art. 235 — “Conduzir pessoas, animais ou carga no exterior do automóvel (exceto em casos devidamente autorizados)”: infração grave, multa de R$ 195,23 e 5 pontos na CNH;
  • Art. 252 II — “Dirigir transportando pessoas, animais ou volumes à sua esquerda ou entre os braços e pernas”: infração média, multa de R$ 130,16 e 4 pontos na CNH.

Confira alguns acessórios para o transporte de cachorro

No mercado pet, são facilmente encontrados os acessórios para fazer o transporte de cachorro de forma segura e confortável. São eles:

Caixas

Bastante resistentes, são fabricadas em diversos tamanhos, suportando cães de pequeno a grande porte. Porém, para cachorros acima dos 25 kg, é recomendado o uso de grades de contenção. As caixas devem ser bem arejadas e fixadas com cinto de segurança.

Bolsas (cadeirinhas)

São cadeirinhas desenvolvidas especialmente para cães com até 5 kg e proporcionam bastante conforto para eles. Devem ser utilizadas com cinto de segurança, também, impedindo que o animalzinho saia da bolsa.

Cinto de segurança

Simples e eficaz, é um item com uma das extremidades adaptada para fixar no encaixe do cinto do automóvel e a outra para prender à coleira do cachorro. Dê preferência para coleiras peitorais, pois as de pescoço podem machucar seu amigo.

Grades de contenção

Indicadas para cães de grande porte (acima de 35 kg ou um pouco menos), são ajustadas ao veículo, impedindo que o cachorro tenha acesso aos bancos da frente.

Veja como é feito o transporte em ônibus e avião

Para os aviões, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) determina que eles sejam levados em caixas, com compartimentos para água e comida e um forro para as necessidades.

As regras para o transporte no bagageiro ou dentro da cabine variam de acordo com as empresas aéreas. Ademais, é preciso averiguar todas as exigências do país de destino (como as vacinas em dia).

O transporte de cachorros em ônibus é permitido por lei, mas é preciso observar os locais adequados para eles, o peso e as dimensões limites. Além disso, os acessórios devem ser usados de acordo (cinto, caixas ou grades de contenção).

Gostou da leitura? Agora que você sabe tudo sobre o transporte para cachorro, comente no post como o seu parceiro costuma passear com você!